Site exclusivo para residentes no Brasil
Nutrição e Exercícios

Exercício aeróbico é muito indicado

A adoção da prática regular de atividade física contribui para o controle metabólico e a redução de fatores de risco para diabetes. A conclusão é de um trabalho realizado pelo professor de educação física e personal trainer Ângelo Viana de Lima, a partir de uma revisão e análise sobre pesquisas já realizadas com diabéticos tipo 2 para verificar a eficácia de atividades aeróbias e de resistência nesses pacientes.
Pelas pesquisas analisadas, Lima concluiu que os exercícios aeróbios são mais recomendados aos diabéticos porque atuam principalmente na utilização e queima de gordura, o que é positivo em quadros de obesidade, um dos principais fatores de risco para o diabetes. Ele ressalta, porém, que diversos estudos mostram também que o treinamento de resistência, chamado treinamento resistido, auxilia na diminuição das taxas de açúcar no sangue na medida em que aumenta a absorção celular de insulina, o que é benéfico para o diabético tipo 2 que normalmente apresenta resistência à insulina.
O professor de educação física explica que uma combinação eficaz tanto para a prevenção como para o controle de quem já é diabético é aquela que engloba exercícios aeróbios e resistidos.
Em seu trabalho, feito para a conclusão do curso de Educação Física, Lima ensina que a atividade aeróbia se caracteriza pela longa duração e pela utilização predominante do oxigênio como forma de produção de energia. As vantagens desse tipo de atividade são melhorar a aptidão física, a queima de gordura e a prevenção contra problemas cardíacos. A recomendação feita por instituições como o American College Of Sports Medicine e a American Heart Association é que a pessoa faça exercícios aeróbios 30 minutos por dia, cinco vezes por semana, com intensidade moderada, ou 20 minutos diários três vezes por semana com intensidade mais vigorosa.
O exercício resistido é aquele que utiliza a capacidade de o músculo gerar força em contrapartida a uma determinada resistência. Nesse tipo de atividade, podem-se utilizar pesos livres, máquinas e peso corporal contra a gravidade, entre outros.
Os benefícios são o aumento da massa muscular, manutenção e aumento do metabolismo, diminuição de riscos de quedas e fraturas, combate à osteoporose, redução de ansiedade e depressão e melhora no sistema cardiovascular.
Lima lembra que a recomendação é que exercícios de resistência sejam praticados pelo menos duas vezes por semana, sendo realizados de oito a dez exercícios em dias alternados utilizando-se os grandes grupos musculares e com oito a doze repetições para cada exercício.
Segundo Lima, nos diabéticos, o treinamento resistido auxilia na diminuição das taxas de açúcar no sangue e no aumento da absorção celular de insulina. Mesmo em pessoas com histórico favorável ao diabetes, como as obesas, com pressão alta ou com casos de doenças na família, há redução dos riscos.
O ganho de massa muscular resultante do treinamento de força melhora a absorção da glicose, aumenta a massa magra e auxilia no controle de peso.

StarBem Mais - Um programa Sanofi.
Av. Major Sylvio de Magalhães Padilha, 5.200 - Ed. Atlanta, Morumbi - São Paulo, SP
CEP: 05693-000 / SAC: 0800-7030014 - Segunda a Domingo, 24hrs
Copyright © - sanofi-aventis Farmacêutica Ltda. Todos os direitos reservados.
Última atualização: 15/03/2016
Site exclusivo para residentes no Brasil.
Nosso conteúdo serve para seu conhecimento e informação.
Em caso de dúvida, procure sempre um médico para orientá-la
quanto ao melhor tratamento e conduta.
Copyright © 2001 - 2016. Todos os direitos reservados.